7 anos de Amor x 2

Pensei em colocar muitas das imensas fotografias que fui tirando ao longo destes 7 anos, mas esta é a do Dia D, neste caso D e R, foi neste dia que as nossas vidas mudaram para todo o sempre e esta montanha russa non stop iniciou o seu percurso...Aviso já que o texto vai ser longo, vivo sempre cada ano que passa com a mesma emoção com que entrei no Hospital e fiz o Check In desejosa de os ver e ter ao colo ....
Vê-los crescer, revelar a sua personalidade e criatividade o que o  meu coração sente, juro que não sei como parece que se ama mais e mais e mais... e desde que eles chegaram que os amo mais que tudo e cada dia mais.
Este nosso dia D foi um momento indescritível e ainda bem que o Pai estava comigo porque só vivendo aquele momento , contando nem imagino acho que as palavras não me chegariam nunca e teria muita pena de perder esse momento juntos.
Eu soube que estava grávida estávamos nós de férias no Algarve, quando vim a Lisboa fazer "escala" porque íamos duas semanas para Ibiza de seguida, tive a consulta com a minha Médica que fez uma eco ouviu um coração e confirmou a gravidez.
E lá fomos nós para Ibiza eu a vomitar mal abria os olhos até ir dormir, a tentar comprar Nausefe nas farmácias de lá sem sucesso, e nós em Ibiza ....e eu só pedia vasitos de água all day long porque era a única coisa que não vomitava ....quando regressamos foi agendada a ecografia das 12 semanas e aí tudo mudou Forever!
Lá estávamos nós na salinha escurinha a olhar para os monitores todos,  o Médico a perguntar se tenho passado bem e começa a passar o sensor na minha barriga, a páginas tantas diz...."Bem estamos aqui a ver alguma coisa" ....o Pai que estava sentado mais atrás, levantou-se e aproximou se para trás de mim para ver melhor o ecrã, eu para mim penso " será que já se vê se é menino ou menina ? " quando na sua calma e normalidade de quem vê estas situações diariamente diz, "Pois que são dois bebes " !
Nesse preciso momento, virei a cara para o Médico e deixei de olhar para o ecrã e perguntei" são dois quê? " e o Médico calmo diz, "são dois bebes,  está a ver , olhe para o ecrã, estão ali as cabeças, o corpo , estão de frente um para o outro, são monozigoticos , só tem uma placenta .....isto foi o que retive ....nesse momento o Pai orgulhoso só dizia "que máximo", eu só perguntava mas como é que isto aconteceu....eu não tenho gémeos na família, o João também não...aí o Médico explicou que nem a medicina consegue explicar como é porque ocorre esta divisão, é uma espécie de descarga elétrica que divide o óvulo fecundado em 2 e pode ocorrer até às 12 semanas . Ainda no seu tom tranquilo continuou a passar o sensor dizendo "bem vamos ver se não há mais nenhum" ...eu julgava que ele estava a brincar, mas não, era a sério...mas não eram só, só 2 bebes ...
Sai num mix de êxtase e pânico, de imediato só pensava mas como se da de mamar a dois bebes, como são os carros deles, como entro em casa com um carro de gémeos, como é que eu sozinha fico com dois bebes quando o João ficar fora em trabalho ....a minha cabeça não parava, era uma felicidade, preocupação por ser algo que nunca tinha sequer imaginado nunca na vida. 
Foi uma gravidez tranquila, de risco sim, muito vigiada, tive de vir para casa muito cedo em Outubro porque estava com contracções, e eu a querer manter o meu ritmo normal, ir ao ginásio , trabalhar que nem uma louca e como sou mega acelerada, pumba a moinha eram contraçoes , fui para casa até ao fim da gravidez , hoje sei como isso foi fundamental para serem bebes de termo e nascerem às 37 semanas de cesariana agendada porque Rodrigo estava transverso e nascem, aos berros com 2615 e 2720 cada um !
Tem sido uma viagem incrível, não recomendo a cardíacos, mas é mágico, eles enchem a minha vida de sol todos os dias, são o meu amor, razão de tudo, não sou a mulher que sempre sonhou ser mãe, quando era miúda dizia à minha melhor amiga Mariana que ía ter 5 filhos, 4 rapazes e 1 menina, mas com a chegada à vida adulta caí na real e apenas quando senti que tinha estrutura a todos os níveis decidimos que tinha chegado a altura de termos filhos, e eles nascem ! Aí começa a "coisa" à séria, ninguém fala sobre o pós parto, então de gémeos há pouquíssima informação, eles não nasceram e eu senti-me Mãe, cheia de poderes e sensores, nada disso, só queria calma para olhar para eles, perceber quais as diferenças que nessa altura se as pulseiras não existissem era impossível distingui-los, são muitas emoções...não esqueço a Tiara que as minhas amigas me ofereceram porque eu era oficialmente a Rainha desta família de 4 rapazes em meu redor . Os dois primeiros anos são de uma prova máxima de esforço diária para tudo funcionar, a linha de montagem, vá lá que eu e o Pai somos super organizamos e oleamos a máquina bem, mas não é fácil é uma prova de fogo à séria. Por eles e por  mim acabei por mudar radicalmente a minha vida, não, não sou uma Mulher que se esgota na maternidade, longe disso, eu queria o pacote completo a super profissional, a super bem, a que quanto mais cansada estava mais me produzia para afastar esse cansaço e mais garra levava para o meu dia, era uma prova de obstáculos louca ....sem mérito reconhecido e com os meus pequeninos na altura ás vezes 11 horas no colégio....por eles mudei tudo, e hoje vejo que por mim também, as bases sólidas que estou a criar nunca seriam as mesmas e mesmo que ás duas da manhã esteja a trabalhar a ver e-mails, tenho tempo para eles, para estar com eles, tempo para mim e tempo para trabalhar para mim . Claro que há uma Maria antes e depois de ser Mãe, a minha noção de responsabilidade por alguém que depende de nós , só de nós de mim e do pai ás vezes é uma angústia....o meu desejo é vê-los continuar a crescer, mesmo loucos, rapazes puro e duros em que a energia nunca acaba, e vê-los já crescidos a darem-me netos, aí sim a missão Mãe está cumprida, até lá quero desfrutar cada sorriso, aturar zanga de manos, faze-los saber e sentir que estou sempre cá para eles,mas que a vida, essa é deles, vivam-na a Mãe vai vendo, dando conselhos, passando valores e esperar que esta "coisa" que é Educar resulte vos faça crescer felizes, com valores, confiantes e com a garra dos vossos Pais !
Amo-vos muito my boys , vamos viver mais um aniversário muito feliz !
Texto de uma very happymamy 
kisses
blondie



Comentários

  1. Que texto tão emotivo e tão cheio de amor!
    Não consigo imaginar o que se sente ao receber uma noticia destas ☺

    Muitos parabéns e muitas felicidades para os gémeos e para toda a família

    Beijinho grande ❤
    Carla

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares